Sejam Bem vindos

Tradutor

11 de janeiro de 2014



Artes e aspecto profissional 


O homem cigano vende ouro, pedra preciosa, artesanato em couro, madeira, metal. Comercializam também cavalos, carroças, tendas. São domadores de animais, tacheiros, paneleiros e ferreiros. 
Produzem tachos, panelas, facas, adagas (espadas), artesanatos de palha e cobre.


Calderash - a palavra vem da língua Romena e significa caldeireiro, aquele que faz artesanalmente potes, tachos, panelas e outros utensílios domésticos feitos de alumínio e cobre.


Kovatsa - a palavra vem da língua Húngara e significa ferreiro, aquele que faz artesanalmente ferraduras, rodas, panelas e outros utensílios domésticos feitos de ferro.

Aurari – a palavra vem da língua Romena e significa ourives, aquele que faz artesanalmente anéis, alianças e outras joias, feitas de ouro, prata e cobre.

Lingurari – a palavra vem da língua Romena e significa colher, aquele que faz artesanalmente colheres entalhadas da madeira.

Tsurara – a palavra vem de línguas eslavas e significa peneira, aquele que faz artesanalmente peneiras.

Sepecides – a palavra vem da língua Romena e significa cesto, aquele que faz artesanalmente cestos de palha, junco e vime.

Balanara ou Balajara – a palavra vem de línguas eslavas e significa cocho, aquele que faz artesanalmente recipiente de madeira onde se dá alimentos aos animais.

Bugurdzje – a palavra vem de línguas eslavas e significa broca, aquele que faz artesanalmente brocas de ferro endurecido para madeira.


Foto: O artesanato nativo em 1910
Fonte site: Embaixada Cigana do Brasil Phralipen 
Video : confecção  tacho de cobre /Autoria Zadziro Yancovich





Nenhum comentário:

Postar um comentário