Sejam Bem vindos

Tradutor

6 de janeiro de 2014



Onde há ciganos há fogo. 
Este elemento é o grande companheiro dos ciganos. 
Por um lado porque serve para esquentar as noites frias e para cozinhar os alimentos, mas a maior tradição foi trazida das cerimônias hindus que sempre envolvem o fogo.
Segundo a tradição antiga, quando uma cigana está dando à luz, acende-se uma fogueira na porta da tenda. 
Quando o parto acontece em hospital acostuma-se acender uma vela de cera.
Para resolver bem as situações e trazer harmonia à família, as casas ciganas usam acender as chamas do fogão, e colocar uma panela com água para ferver com folhas ou flores.
Sempre que se acende um fogo, pode ser uma fogueira ou uma vela, se observa a chama para ver a mensagem que ela traz.
Se a chama e grande, longa, vibrando sem alternâncias significa que as energias que foram invocadas na cerimônia estão presentes. Chamas altas significam ascensão e são sempre sinais positivos.


Chamas baixas: representam estagnação, um tempo de espera ou de resultados negativos caso tenha se feito uma pergunta. É um sinal negativo.
Chamas baixas e para a direita indicam que a pessoa ou a cerimônia estão com proteção.
Chamas altas para a direita: indicam respostas muito positivas e futuro com fartura.
Chamas para a esquerda: pedem para deixar que o passado siga seu caminho e para tomar cuidado com a impulsividade.
Chama da vela subindo e baixando fazendo a vela chorar indica que deve-se tomar cuidado com o que se perguntou. É necessário que se amadureça mais a questão e que se evite o contato com situações ou pessoas perigosas.
Chama que se apaga repentinamente: todo cuidado é pouco com relação a acidentes e assaltos.

Fonte: Rakel Possi




Nenhum comentário:

Postar um comentário