Sejam Bem vindos

Tradutor

12 de setembro de 2014


Falar de cozinha cigana é falar de energia transmitida pelas mãos, é falar de prazer e alegria.
Muito se fala na magia cigana na cozinha, na produção de remédios naturais e nos feitiços de amor e de sorte.

Os ciganos usam a força e a energia dos cinco elementos que regem a natureza: ar, água, fogo, terra, metais. 
A terra é representada pelos alimentos, pelo sal, pela madeira das colheres,
pela cerâmica das panelas e pratos e, os metais pelos tachos, chaleiras e outros utensílios da cozinha.
Temos na culinária um processo alquímico onde as transformações se fazem usando a água e o fogo no cozimento dos vegetais, das carnes e dos temperos no cadinho mágico das panelas ciganas.

O calor que provem do fogo transforma os alimentos. 
A água é usada para cozer, limpar e transformar. 
A terra nos dá todos os alimentos e temperos, e o sal. 
O ar se desprende sob a forma de aroma, do perfume que brota do cozimento e que acaricia nosso olfato, despertando o apetite com seu sedutor apelo.

O trabalho das mãos tem uma grande importância na magia alquímica de cozinhar. 
A energia que as mãos transmitem, modifica os alimentos e os tornam remédio ou veneno para o nosso corpo conforme o humor ou as intenções boas ou más daquele que cozinha. 
Sabendo disso os ciganos rezam e abençoam a comida,agradecendo ao Criador pelo alimento de cada dia. 
A cozinha cigana é sempre um lugar sagrado, onde só com alegria e bom humor se pode penetrar e cozinhando serenamente, se transmite a saúde e a energia dos alimentos.

Por suas cores, aromas e sabor agradável, os vegetais, temperos, sementes e frutas nos trazem uma mensagem de boa sorte, amor e prosperidade quando os colocamos sobre nossas mesas.
A longa caminhada das caravanas através deste imenso mundo ,pelo tempo afora, nos legou uma vasta e rica experiência culinária.
De todos os lugares por onde andamos,de todos os povos e gentes que conhecemos ficou-nos uma variada , colorida e aromática herança.
Falar, portanto, de comida cigana é falar de comida exótica, temperos variados, carnes saborosas, peixes e frutos do mar,frutas,nozes,chás e bebidas deliciosas provenientes do mundo inteiro.
Falar de culinária cigana também significa falar de gostos e sabores próprios de
cada clã, kumpania e família. 
Assim como falamos dialetos variados que se originam do romanês, conforme a região da Terra de onde viemos, assim acontece na culinária romani.


A cozinha cigana: Alquimia do Amor
Escrito por Cezarina Macedo
Seg, 15 de Agosto de 2011 11:14

Nenhum comentário:

Postar um comentário